Newsletter da
Fundação Amália Rodrigues

#06 | OUT20

6 OUTUBRO

AMÁLIA RODRIGUES HOMENAGEADA NO PANTEÃO NACIONAL
Da esquerda para a direita: Isabel Melo (Panteão Nacional), Graça Fonseca, Fernando Medina e António Costa
Foto: CML
No dia em que se assinalaram os 21 anos do seu falecimento,  Amália Rodrigues - a primeira mulher a receber honras de Panteão Nacional - foi aí homenageada, no âmbito das comemorações do centenário do seu nascimento.
A cerimónia de dia 6 de outubro contou com a presença do primeiro-ministro, António Costa, do presidente da CML, Fernando Medina, da ministra da Cultura, Graça Fonseca, e da vereadora da Cultura da CML, Catarina Vaz Pinto. A Administração da Fundação Amália Rodrigues também assistiu a esta comemoração.
A homenagem contou com a interpretação instrumental dos temas “Meditando”, “Com Que Voz” e “Amália” por Gaspar Varela (guitarra portuguesa, familiar de Amália), Pedro de Castro (guitarra portuguesa), André Ramos (viola) e Joel Pina (viola-baixo, músico de Amália).
Foto: CML

CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE AMÁLIA RODRIGUES

PARCERIAS
Miranda & Associados torna-se parceira da Fundação Amália Rodrigues 

Miranda & Associados juntou-se às celebrações do centenário do nascimento de Amália Rodrigues e oficializou o protocolo de prestação de serviços de apoio jurídico à Fundação Amália Rodrigues.

A cerimónia realizou-se no passado dia 29 de setembro, na Casa Museu da Fundação Amália Rodrigues, em Lisboa, e contou com a presença de Diogo Xavier da Cunha e Ana Pinelas Pinto, respetivamente Presidente do Conselho de Administração e Sócia-Administradora da Miranda, e de Joaquim Vicente Rodrigues e Francisco Velez Roxo, respetivamente Presidente e Vogal do Conselho da Administração da Fundação.

A Miranda tem desenvolvido de forma crescente as suas atividades de responsabilidade social quer numa vertente mais estrita da prestação de serviços jurídicos pro bono quer no envolvimento e interação com as principais instituições sociais e culturais do país e é nesse sentido que se associa à Fundação Amália Rodrigues.

AMÁLIA NO SANTA CASA ALFAMA
"Bem-Vinda Sejas Amália"
A exposição itinerante concebida pela Fundação Amália Rodrigues e que, em 2020 e 2021, percorre Portugal de norte a sul esteve patente no Terminal de Cruzeiros de Lisboa, nos dias 02 e 03 de outubro.
Além dos módulos que constituem esta exposição e divulgam a singularidade de Amália enquanto mulher e artista, estiveram também expostos três vestidos de palco da Voz de Portugal.
Video mapping
A Fundação Amália Rodrigues esteve também envolvida na elaboração de um espetáculo de video mapping, em homenagem a Amália, transmitido nas duas noites do Festival.
Assim, durante 15 minutos, ouviu-se a história de Amália Rodrigues pela sua própria voz, bem como através de testemunhos de personalidades que privaram com a artista ou que, não tendo tido essa oportunidade, foram influenciadas pela sua genialidade.
 
AMÁLIA CELEBRADA NA AMÉRICA LATINA
Festival de Fado da América Latina em live streaming
O Festival de Fado da América Latina decorreu, este ano, num formato diferente e contou com a participação de Cuca Roseta, Sara Correia e Fábia Rebordão, que prestaram a sua homenagem à Rainha do Fado no centenário do seu nascimento.
No passado dia 6 de outubro, foi, então, transmitido este Festival em live streaming a partir da Casa Museu Amália Rodrigues (Lisboa) para diversas cidades da América do Sul, nomeadamente Buenos Aires (Argentina), Rio de Janeiro (Brasil), Quito (Equador), Cidade do México (México) e Lima (Peru). A 10 de outubro, foi feita outra transmissão, nos mesmos moldes, para Maputo (Moçambique).
Além de atuações das artistas acima mencionadas, o programa do evento incluiu uma conferência com Rui Vieira Nery, autor da obra "Para Uma História do Fado", e a projeção do documentário "The Art of Amália" (2000), de Bruno de Almeida.
RTP RECORDA AMÁLIA RODRIGUES
"100 Amália" de Filipe La Féria
O encenador e dramaturgo português decidiu homenagear Amália Rodrigues com um musical que consiste numa nova visão do legado de Amália Rodrigues, no momento em que se assinala o centenário do seu nascimento, que revela a herança de Amália às novas gerações.
Transmitido pela RTP, o espetáculo original de Filipe la Féria com uma orquestra dirigida por Mário Rui Teixeira e Jorge Fernando leva-nos "a uma reunião com Amália e os grandes poetas que compuseram os seus mais significativos fados", bem como outras personalidades que privaram com a artista.
Foto: RTP
Saiba mais sobre a Programação de Comemorações do Centenário do Nascimento de Amália, da Fundação de seu nome, em http://amaliarodrigues.pt/celebrar-amalia/
Facebook
Instagram
Website
Copyright © 2020, All rights reserved.
Clique
aqui para deixar de receber esta newsletter