Newsletter da
Fundação Amália Rodrigues

#02 | JUL20

Celebrar Amália
no dia do centenário do seu nascimento

Amália celebra-se todos os dias ao ouvi-la cantar, ao ler as suas palavras, ao compreender a sua influência, ao estudar e pensar a sua vida e obra. Mas, no ano do centenário, o dia “oficial” de nascimento, 23 de julho, mereceu um destaque especial. E foi por isso que a Fundação Amália Rodrigues programou um conjunto de atividades para comemorar esta data.
Concerto "Bem-Vinda Sejas Amália" (Brejão)
Créditos: Município de Odemira

Missa em acção de graças por Amália Rodrigues


Logo pela manhã, foi celebrada na Igreja de São Vicente de Fora uma missa em acção de Graças pela vida de Amália. A eucaristia foi acompanhada por momentos musicais interpretados por Pedro Marques (guitarra portuguesa), Lelo Nogueira (viola de fado) e Tony Queiroz (viola baixo).
Créditos: Francisco Velez Roxo
Lançamento de emissão filatélica comemorativa
Depois da missa, Amália foi homenageada no Panteão Nacional onde os CTT emitiram uma edição filatélica especial dedicada a Amália.
Esta coleção de selos comemorativa do centenário do nascimento tem como objetivo angariar receitas para que a Fundação Amália Rodrigues possa cumprir a missão para a qual foi criada pela sua Fundadora: ajudar os mais desfavorecidos.
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, prestou também a sua homenagem à Voz de Portugal no Panteão Nacional.
Créditos das imagens: Luís Neves

Assembleia da República homenageia
Amália Rodrigues


A Assembleia da República Portuguesa associou-se também a este dia e evocou uma das mais importantes personalidades da Cultura portuguesa no século XX através de um Voto de Saudação Ao Centenário de Amália Rodrigues, em Sessão Plenária.
A leitura deste Voto de Saudação contou com a presença de familiares de Amália, do Presidente e da Secretária-Geral da Fundação Amália Rodrigues e do Coordenador do Grupo de Trabalho para as Comemorações do Centenário do Nascimento. O tema “Com que voz” ecoou no hemiciclo acompanhado de imagens icónicas de Amália, num vídeo preparado pela própria Fundação.

 
Créditos das imagens: Assembleia da República

Concerto de homenagem no Brejão


As celebrações do nascimento de Amália terminaram com um concerto de homenagem no “refúgio” de férias de Amália Rodrigues, no Brejão. O recital contou com Kátia Guerreiro, Ricardo Ribeiro, Marco Rodrigues, Fábia Rebordão, Jorge Fernando, Sara Correia, Filipa Cardoso e José Gonçalez que recordaram a Voz de Portugal, interpretando temas celebrizados por Amália. O espetáculo, transmitido em direto pela RTP1 e Antena 1, foi promovido pela Fundação Amália Rodrigues em parceria com a Câmara Municipal de Odemira e contou com o apoio da Música no Coração.
As receitas reverteram a favor da Fundação.

 

Fundão e Viana do Castelo recebem
exposição itinerante


No dia do centenário do nascimento, a exposição itinerante “Bem-Vinda Sejas Amália” inaugurou no Fundão (município de origem da família de Amália) e em Viana do Castelo, onde está o icónico traje de Mordoma que Amália usou nas festas da Senhora da Agonia, em 1998.
Esta mostra, produzida pela Fundação Amália Rodrigues para circular por todo o país, dá a conhecer aos portugueses, de norte a sul, a singularidade de Amália enquanto mulher e artista.
 
Créditos das imagens: Municípios do Fundão e de Viana do Castelo, respetivamente
Saiba mais sobre a Programação de Comemorações do Centenário do Nascimento de Amália, da Fundação de seu nome, em http://amaliarodrigues.pt/celebrar-amalia/
Copyright © 2020, All rights reserved.
Clique
aqui para deixar de receber esta newsletter